“Não mereço ganhar mais que um professor” dispara Toninho da Lorsa

“Não mereço ganhar mais que um professor” dispara Toninho da Lorsa Fonte da Foto: assessoria

 Depois de falar de vários assuntos de grande relevância para o município como o caso da CPI da Dívida Ativa que foi barrada na Justiça a pedido da Prefeitura e da falta de iluminação no Jardim Califórnia e mais alguns outros assuntos destacados, o vereador Toninho da Lorsa deixou uma mensagem muito importante para a sociedade.

Mais uma vez, disse que o que o deixa muito indignado é justamente o que acontece no transporte escolar rural e que, toda semana, fica envergonhado de ver um pai uma mãe vir aqui reclamar o seu desespero de ver um filho ter que acordar às 4 horas da manhã para ir à escola. Inclusive no momento em que falava foi informado que o problema de um bairro já havia sido resolvido, o da fazenda Paineiras.

Toninho da Lorsa disse que foi um problema criado pelo prefeito e que tem que ser resolvido por ele, não devendo deixar a esse ponto. Deixou outro recado para o prefeito que se não tiver consciência que tem que investir na educação das crianças, remunerar bem os professores, dar condições da criança ir para a escola e ter um tratamento digno, a situação nossa nunca vai melhorar- disse.

Para Toninho da Lorsa não adianta fazer “Arena Pantanal”, comprar uma patrol. Não adianta, dizendo ainda que “temos que resolver o problema é na base, é na educação e isso cabe a cada município, sim” afirmou. Disse que chegou a uma conclusão que cada vez que chegamos nessa Casa, não temos condições de mudar nada e disse pausadamente que “quem tem condições de mudar são os professores. Esses, sim, tem a condição de mudar a cultura, o respeito que deveria ter numa escola”.  

Toninho ainda disse: “Eu como vereador não mereço ganhar um centavo mais do que um professor, quem pode consertar esse país são os professores, nós não podemos. O projeto de reconstruir como diz o prefeito, não vai se fazendo de uma hora para outra”. O parlamentar reafirmou que tudo que precisa ser feito na cidade é uma obrigação do prefeito.

Toninho disse que ninguém tem obrigação de procurar o prefeito para resolver o problema, quem tem que ir até o bairro de cada um é o prefeito, porque para pedir voto para o trabalhador o prefeito foi até o bairro. Pediu para que o prefeito chegasse lá no bairro às 4 horas da manha e acompanhasse a situação de perto e a 1:30 da tarde para ver o estado que a criança chega da escola. “Este seria um governo de reconstrução”, finalizou o vereador nessa questão.

Alertou o prefeito que ele não é inimigo, mas, sim, adversário político e ambos têm prioridades diferentes. Toninho deixou registrado que inimigos do prefeito são aqueles que batem na costa dele e infelizmente esses estão servindo a dois senhores.

No final, o vereador Toninho da Lorsa fez questão de lembrar no sentido político nacional, o que já teria sido citado por outros vereadores. Toninho disse que preocupa a situação, “mas preocupa também, a gente idolatrar alguém que joga uma informação na internet de um hacker e, para quem não sabe, isso é um crime, mas se for para se beneficiar serve e a pessoa que faz a denúncia é  um político quanto outro político que está lá. Então é assim que vamos mudar, um Hacker entra na vida particular de alguns juízes e promotores, espalha uma noticia e espalha o caos no país e tudo fica bem. É uma pena que a gente ainda veja isso no nosso país”, finaliza Toninho da Lorsa.

Veja Também