Advogado de Avaré lança obra solidária

Advogado de Avaré lança obra solidária

legenda: Saiba como um advogado-escritor está mobilizando centenas de pessoas em prol de uma causa social, através de um livro

Fonte da Foto: Cida Koch

Só quem já passou pela dor de um câncer ou viu a doença destroçar uma família, sabe da importância das casas de apoio do Hospital Amaral Carvalho de Jaú; casas que acolhem pacientes em tratamento oncológico, de TMO (tratamento de medula óssea), e também seus acompanhantes, que não têm condições de arcar com os custos de alimentação e hospedagem durante a permanência na cidade. Estas casas, uma iniciativa do próprio Hospital, são mantidas desde 2010 por um movimento solidário - Os Amigos de Jacuba, além da Febec e a 2D Leilões. Sem a existência desses locais, muitos pacientes abandonariam o tratamento. Enquanto o índice de desistência é de 16% no Estado de São Paulo, em Jaú, por conta das Casas de Apoio, o percentual de abandono é zero. Para manter essas Casas, o Hospital não recebe recursos governamentais, e depende totalmente de doações.

Sensibilizado pela causa, o advogado Renato Gonçalves Silva, especialista nas áreas cível, tributária e trabalhista há 35 anos, e integrante dos Amigos de Jacuba, decidiu fazer algo inédito. Reuniu suas poesias (sim, ele também é escritor!) num livro intitulado “A Casa Amarela” e com a ajuda de amigos, conseguiu imprimir a obra sem custo. Cerca de 3 mil livros com um único objetivo: reverter 100% das vendas para estas casas de apoio. A causa ganhou outros apoiadores e o livro está batendo recortes de vendas. Casado com a empresária Márcia Regina, o advogado tem dois filhos: Renato Freire, que seguiu a carreira do pai e Fabiana Freire, administradora de empresas. Aos 58 anos, realizado e já avô, dedica-se não só ao trabalho profissional, mas também ao trabalho social e o livro, é um deles.

Formado pela faculdade de Bauru Instituição Toledo de Ensino e Pós-Graduado em Direito Civil, Processo Civil e Mestre em Direito Tributário, Renato Gonçalves é um dos mais renomados advogados de toda a região. O filho do casal Dorival e Cleide Gonçalves da Silva fez uma carreira brilhante, mas agora surpreende a todos, revelando seu lado artístico de poema artífice. “A Casa Amarela” reúne poesias bem escritas e elaboradas, cativando os leitores, que se apaixonam pelas passagens e situações que as mesmas refletem (muitas poesias já premiadas em concursos nacionais).

A CASA AMARELA nasceu do meu sonho acalentado por mais de 10 anos de lançar um livro de poesias.A obra contem 100 poesias escolhidas entre as muitas escritas durante mais de 30 anos. Este projeto, fundado no amor buscava uma causa social para apoiar, quando então, há três anos, conheci um grupo, que hoje integro , chamado “AMIGOS DE JACUBA”;  são empresários, profissionais liberais e industriais, que se dedicam a promover há 10 anos, através do consagrado “Leilão Solidário em prol das casas de apoio do Hospital Amaral Carvalho”, agora em sua 10ª edição e que ocorre todos os anos nos dias 17 e 18 de agosto, na cidade de Jacuba. Nascia aí a ideia de publicar um livro, totalmente voltado a estas Casas de Apoio”, explica o autor.

Segundo ele, estas casas de apoio acolhem e hospedam 1.000 pacientes por mês, fornecem 5.000 refeições mês e concedem hospedagem digna a pessoas, em sua grande maioria, carentes de condições financeiras, portadores de câncer, muito debilitadas ou pela terrível doença ou pelos tratamentos que recebem. Sensibilizado pela causa, o advogado decidiu então publicar 3.000 livros da obra - o que só foi possível graças a um amigo, Wellington Reader, o “Teco”, proprietário da Gráfica & Editora Viena, da cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, que doou integralmente a montagem e a editoração da obra. “A partir daí, todos os livros foram doados em prol das “CASAS DE APOIO”, imprescindíveis à continuidade do tratamento dispensado aos portadores de câncer, que conseguem hoje alcançar o índice zero de abandono dos tratamentos”, frisa o autor, reiterando : “Toda a renda obtida com a venda dos livros está sendo revertida a estes hóspedes/pacientes das casas de apoio, somando, assim forças para manter este importante serviço de acolhimento. Vale ressaltar que estas casas de apoio não recebem nenhum tipo de ajuda financeira dos Governos Municipal, Estadual e Federal e dependem exclusivamente da doação voluntária e do trabalho destes incansáveis voluntários que as servem”.

O trabalho humano e humanitário destas casas de apoio foi uma grande inspiração para o poeta, na produção de “A CASA AMARELA”. O lançamento do projeto surpreendeu a todos, pois ninguém imaginava que por trás daquele advogado renomado, houvesse um poeta sensível às causas humanas. “

“O amor pela poesia surgiu quando eu era adolescente e passei a me dedicar com maior profundidade ao tema, apegando-me aos grandes poetas que passei a conhecer”, explica Renato.

Sobre o livro “A Casa Amarela”

Os poemas que compõem “A CASA AMARELA” refletem o cotidiano, são dotados de forte carga emocional e traduzem para o dia-a-dia as experiências da vida, do amor, valorizando sobremaneira a vivência do autor, mas de todos os leitores. “O livro A CASA AMARELA e eu, encontramos na causa que envolve as “CASAS DE APOIO” do HOSPITAL AMARAL CARVALHO, a oportunidade de ajudar o próximo, de fazer pelas pessoas, notadamente as carentes. Cada centavo arrecadado com a venda deste livro, é revertida em alimentos, roupas, manutenção das hospedagens e possibilita a renovação da esperança por dias melhores dos acolhidos e tratados. Trata-se de uma obra que encampa uma proposta social honesta, voluntária e relevante, além de refletir o espírito altruísta”, reafirma, entusiasmado com a adesão das pessoas ao projeto.

Para chegar às mãos dos leitores, o livro contou com o apoio da Gráfica & Editora Viena, dos Amigos de Jacuba, parceiros e divulgadores da obra, da Fundação do Hospital Amaral Carvalho e do próprio hospital.

O autor ainda fala sobre a poesia que mais retrata seu propósito. “A poesia “A CASA AMARELA”, escrita num momento de inspiração enquanto estava na cidade de Aracajú/SE, em um guardanapo de papel, em um restaurante antigo, dá a nota do meu estilo poético; envolvido pelo amor que dedico aos meus textos - muitos deles refletindo as próprias experiências, sendo ela a escolhida para dar nome ao livro. Mas é muito difícil a um pai escolher qual filho ama mais, razão pela qual, todas as poesias da obra são as preferidas”, argumenta.  Para o autor, a ideia de lançar este livro traduz todo o trabalho em prol do próximo. “As Casas de Apoio me emocionaram muito e me motivaram. No momento em que vejo meu livro se voltando a tamanha causa social, sinto-me realizado, pleno, por saber que as pessoas passarão a conhecer este importante centro de ajuda aos doentes de câncer e mais, por saber que este livro, fundado no amor incondicional, torna-se com seu lançamento, numa fonte inesgotável de propagação deste amor, forma de partilha, acolhimento, dedicação e devoção a todos aqueles que de alguma forma serão agraciados”.

Finalizando a entrevista, o advogado-escritor, ainda emocionado, faz um agradecimento especial: “Quero externar toda minha gratidão às pessoas que já compraram o livro, aos inúmeros e surpreendentes apoiadores do projeto que todos os dias surgem, pessoas que se apaixonaram pela proposta difundida, bem como, a DEUS, sem quem nada seria possível. Comprem o livro “A CASA AMARELA”, feito com amor, por amor, visando ajudar as “CASAS DE APOIO” do HOSPITAL AMARAL CARVALHO.”

NR: Os exemplares do livro podem ser adquiridos pela internet nos sites das Americanas, Submarino, Shoptime, Amazon.com, Canal 6 livraria, e em Avaré cafeteria Cravo & Canela e na livraria Salamandras. Em breve também, o autor fará lançamentos da obra na cidade. Mais informações pelo telefone (14) 3732.0162 ou na fanpage A Casa Amarela. O livro é comercializado pelo preço único de R$ 49,90, cujo valor integral é revertido às Casas de Apoio.

              (Texto e foto Cida Koch – MTB 44331)

Veja Também