APAE dá um exemplo que Avaré precisa seguir

APAE dá um exemplo que Avaré precisa seguir Fonte da Foto: internet

Pela primeira vez, temos conhecimento de que uma pessoa que possui um filho aos cuidados da entidade foi escolhida para a presidência da APAE; será uma pessoa que, quando precisar da população, poderá falar com muita tranquilidade, visto que conhece as dificuldades pelas quais a entidade passa e é isenta de tendências políticas.

Vera Lúcia de Jesus Vilela é uma pessoa com muita experiência de vida em seu currículo, além de ter sido professora e diretora de escola, o que comprova que tem conhecimento e garra para enfrentar tudo que for necessário e, com certeza, terá coragem de reclamar de falhas em repasses administrativos que venham contra a entidade e, com certeza, não irá se calar por questões políticas.

Uma entidade como a APAE não pode e, com certeza, não será usada como plataforma política de homens que defendem ou tiveram a pretensão de fazer currículo político através da entidade ou de apoiadores de partidos políticos e, nesse momento, temos que erguer a mão para o céu a agradecer que quem vai administrar os caminhos da APAE de Avaré vai ser uma diretora de escola aposentada com uma história de vida e muita experiência.

Podemos considerar e com muita segurança que a APAE de Avaré deu um exemplo que vai ficar marcado para sempre na escolha de dona Vera Lucia Vilela e que a entidade pare de ser trampolim político para alguns que assumem a presidência pensando no seu futuro político ou para, apenas, contribuir com seu silêncio com o atual prefeito, sem ter a coragem de reclamar através da imprensa o atraso de repasse e de pagamento dos funcionários da entidade.

Deixamos claro que esta matéria é uma opinião do jornal, pois, depois de uma mudança radical na direção da Apae, outras entidades, mesmo que dependam de repasses, não continuem sendo ninho de pessoas com olho no próprio futuro político em Avaré. Afinal, o repasse é obrigatório.

Veja Também