Áudio mostra atitude supostamente reprovável de Roslindo Machado

Áudio mostra atitude supostamente reprovável de Roslindo Machado Fonte da Foto: divulgação

O secretário de Saúde, Roslindo Machado, novamente volta às noticias, depois de uma recente reunião que ocorreu com os coordenadores dos Postos de Saúde da Família.

Nessa reunião, consta que o secretário de Saúde que, teoricamente, não teria afinidade com a sensibilidade do bom diálogo, teria criado uma desnecessária animosidade, possivelmente para mostrar que seria ele quem realmente manda.

O caso ganhou repercussão e já está virilizado na rede social um áudio em que mostra o comportamento e as atitudes do secretário que, de acordo com a gravação, começa a reunião de maneira imprópria, segundo algumas servidoras.

De acordo com a gravação, a discussão vai longe e o secretário teve que ouvir algumas verdades por servidoras que não se renderam ao suposto poder que Roslindo Machado tenta mostrar na pasta que ocupa como secretário.

Tivemos acesso à gravação e fica claro que ele não queria saber de conversa, quando foi interrompido por uma servidora que, reconhecendo os seus direitos, deixou claro que trabalha há 9 anos e nunca esteve envolvida em uma sindicância, alertando o secretário que sua permanência no governo é de apenas 4 anos.

O episódio mostra que, mesmo acompanhado de uma advogada da Secretaria, Roslindo Machado segundo as servidoras, não teve um comportamento supostamente civilizado e que o tratamento dedicado às servidoras não deveria ser da maneira como ocorreu.

Em contato com o presidente do Sindicato dos Servidores e Funcionários da Prefeitura, Leonardo Espirito Santo, este informou que o áudio já foi apresentado ao Ministério Público para que seja apurada a causa de tanta discussão que, para algumas servidoras, seria desnecessária por parte do médico Roslindo Machado.

Veja Também