Gilberto Empreendimentos
São Pastel
Lorsa
Arpoli
Maré
Alecrim

AVCB era assunto todo dia, mas nesse governo não se fala

AVCB era assunto todo dia, mas nesse governo não se fala Fonte da Foto: Divulgação

Somos testemunhas vivas do quanto o Corpo de Bombeiros de Avaré foi atormentado, na época do governo Paulo Novaes, quando qualquer festa que se programava, alguém já corria saber do Corpo de Bombeiros se os organizadores já tinham solicitado o Auto de Vistoria. Dava-se a impressão, na época, que quando se falava em festa em Avaré, valeria sempre a voz de um radialista que, por consequência, pensou em virar político.

Até mesmo milionários eventos tiveram seus AVCB investigados por alguém que hoje faz parte do governo, sendo, na época, ovacionado pela população pela sua maneira contundente de cobrar os governos anteriores, ganhando ibope numa emissora. Mas, desde janeiro do ano passado, sua credibidade desapareceu e o sujeito voltou a ser mais um na multidão, justamente por comportamentos políticos que não são bem vistos pela sociedade.

Fizemos um levantamento antes do início e até o seu fim, que a festa do Dia das Mães, no Jardim Brasil, não teve AVCB, o que, se fosse no passado e no argumento dessa pessoa, seria um perigo, pois estariam ali pessoas e famílias e qualquer coisa que pudesse ocorrer sem o Auto de Vistoria de Corpo de Bombeiros poderia comprometer a festa.

Mas não foi assim que ocorreu. Pessoas da nossa confiança ligaram para o Corpo de Bombeiros e a informação foi que não houve pedido de vistoria para o evento no Jardim Brasil. Interessante que, naquela época, não se perdoava nem mesmo o evento do Quarto de Milha, mas, hoje, fazendo parte do governo perdeu suas forças ou o que, para alguns, é chamado de credibilidade e não pode fazer nada contra seu patrão. Pau que dava em Chico também dava em Francisco, agora não existe mais.

Até junho, a vistoria será necessária em qualquer festa em recinto aberto, mas de acordo com o Corpo de Bombeiros de Avaré, a partir do dia 18 de junho será liberado não precisando mais o AVCB em festas abertas, apenas sendo obrigatório para eventos fechados, o que quer dizer que a festa do Jardim Brasil não contou com o AVCB tão cobrado em outros governos por um secretário do prefeito Jô Silvestre.

Veja Também