Câmara vota moção de repúdio a concessionária na segunda

Câmara vota moção de repúdio a concessionária na segunda Fonte da Foto: divulgação

A Câmara de Avaré deve votar, na segunda-feira, dia 18, uma moção de repúdio a concessionária que administra a Usina Hidrelétrica Jurumirim, a CTG Brasil.

A moção de repúdio é de autoria de todos os vereadores.

O motivo é o baixo nível que a represa Jurumirim vem apresentando nos últimos meses. De acordo com informações, neste momento, o local opera com pouco mais de 12% de sua capacidade.

A moção lembra que Avaré é estancia turística e depende da represa para esta finalidade e que o baixo nível do local vem provocando prejuízos ao turismo da cidade.

Além da moção de repúdio, o Legislativo deve votar dois projetos de lei de autoria do prefeito Jô Silvestre. Todos de abertura de crédito adicional em prol a Secretaria de Obras.

Os créditos adicionais somam mais de R$ 700 mil.

Veja Também