Cinco milhões e seiscentos mil reais: prejuízo milionário é revelado por CPI

Cinco milhões e seiscentos mil reais: prejuízo milionário é revelado por CPI Fonte da Foto: divulgação

O que a população de Avaré precisa se conscientizar é que os rumos da cidade seguem em uma direção que vai contra o desenvolvimento, pois em tese a Prefeitura está mostrando que não tem condições de gerir nem os valores a receber da Dívida Ativa, um descalabro que gerou mais de 5 milhões de reais de prejuízo.

As últimas informações são de que através da CPI nº 002/2019, foi apurado que no exercício 2017 e 2018 houve 1210 processos judiciais de cobrança que foram extintos, ou seja, a Prefeitura estava executando mais de 1200 devedores e que, por não ter agido no sentido de cobrar essas dívidas no tempo hábil por parte do órgão responsável pelo acompanhamento de tais processos, que seria a Procuradoria do Município, essas dívidas deixaram de existir, causando prejuízo milionário ao município.

A Câmara fez um extenso trabalho de levantamento dos processos, um a um, anotando o seu valor de origem e atualizando conforme a Tabela Prática para Cálculo de Atualização Monetária dos Débitos Judiciais. Restou, então, apurado o valor de R$ 5.607.648,20, valor esse que representa a soma de todos os 1210 processos, ou 1210 dívidas que a Prefeitura deixou de receber por inércia, isto é, por não ter o, agido no sentido de dar andamento aos mesmos.

É um fato lamentável que merece o máximo de apuração, pois a cidade vive uma situação de grande dificuldade financeira, e não pode abrir mão de uma receita que poderia e muito complementar o orçamento da administração.

Veja Também