Com 80 falhas apontadas pelo TC, Jô Silvestre é premiado Prefeito Empreendedor

Com 80 falhas apontadas pelo TC,   Jô Silvestre é premiado Prefeito Empreendedor Fonte da Foto: assessoria

Com mais de 80 falhas apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado no primeiro ano de governo de Jô Silvestre em diversos setores, que podem desfavorecê-lo podendo até ficar inelegível, não impediram que ele recebesse de uma instituição respeitável o prêmio de “Prefeito Empreendedor” em dois quesitos esclarecidos pela assessoria da Prefeitura.

Na avaliação da administração municipal, o reconhecimento tem relação direta com a conquista da Casa do Cidadão, instituição que agilizou as demandas da população, principalmente a dos pequenos empresários.

Já as ações de estímulo à inovação e ao empreendedorismo na agricultura familiar desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento garantiram o certificado na categoria “Pequeno Negócios no Campo”.  Pasta administrada  pela engenheiro agrônomo Ronaldo Souza Vilas Boas.

Uma das finalistas, Avaré foi certificada na categoria “Políticas Públicas para o Desenvolvimento de Pequenos Negócios” por conta do trabalho desenvolvido pela Secretaria de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, pasta comandada por Sandra Theodoro, junto ao SEBRAE, aquela que tem uma lista de 90 empresas querendo se estabelecer no Distrito Industrial e até o momento nada foi resolvido, porém se destacando na premiação.

Diante do que o prefeito Jô Silvestre enfrenta em sua administração por mais que o premio seja considerável, não serve para mudar o conceito e muito menos entender que Jô Silvestre seja um grande prefeito empreendedor, visto ao que ele enfrenta com 80 falhas apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado em seu primeiro ano de governo, com problemas em diversos setores, apenas recebendo louvores de dois investimentos pelos quais foi premiado em seu terceiro ano de governo, para a população isso ainda é muito pouco para quem prometia uma reconstrução.

Veja Também