Denúncia de Beraldo contra Toninho da Lorsa é arquivada

Denúncia de Beraldo contra Toninho da Lorsa é arquivada Fonte da Foto: divulgação

O secretário de Cultura, Diego Beraldo, protocolou no Ministério Público denúncia contra o vereador e ex-presidente da Câmara, Toninho da Lorsa.

Na peça, um tanto quanto confusa, diga-se de passagem, o secretário acusava Toninho de ter aumentado a despesa com pessoal nos últimos 180 dias de sua gestão no legislativo. Em um texto para lá de confuso, o advogado do secretário copia vários trechos da Ação Popular impetrada pelo cidadão Edelsio Santos Souza,  ação esta que também não prosperou, pois foi extinta sem o julgamento do mérito pela justiça, Beraldo pedia a condenação do vereador, alegando que o mesmo infringiu a lei, aumentando despesas na Câmara.

O MP, após encaminhar a denúncia para a Delegacia Seccional para apuração dos fatos, o que é de praxe, teve a conclusão devolvida pelo delegado Jorge Cardoso e logo após foi arquivada pelo MP.

Agora, o que causou estranheza,  em muitas pessoas ouvidas pelo Jornal do Ogunhe é o fato de que o que leva um secretário deixar seus afazeres e procurar um advogado para proceder a uma denúncia vazia, sabidamente inócua,  pois,  quem leu a citada denúncia pôde perceber que foi na base do control C + control V da aqui citada Ação Popular em quase todo o seu teor e, sabendo que a primeira não prosperou, ainda assim insistiu na denúncia. Mas o que o jovem secretário não pensou, ou talvez não tenha sido alertado por seus ilustres advogados, é que sua ação poderá acarretar a ele sérias consequências.

Veja Também