Educação não se manifestou sobre caso do transporte escolar rural

Educação não se manifestou sobre caso do transporte escolar rural Fonte da Foto: assessoria

O caso que envolve a Secretaria de Educação e a Prefeitura com relação ao transporte escolar rural continua sendo uma das novelas que mais chama a atenção da população, em que muita gente acha tão fácil de resolver, já que falta de verba não pode ser, mas sim falta de interesse daqueles que conduzem o ensino em Avaré.

O vereador Barreto de Monte Neto descreveu na sessão de segunda que, há meses, algumas pessoas estiveram usando a tribuna da Câmara para reclamar da situação do transporte escolar, destacando suposta crueldade com as crianças que precisam levantar 4 horas da madrugada para vir para a escola na cidade.

Muito bem apontado pelo vereador Barreto que, durante toda essa celeuma, envolvendo crianças, em nenhum momento, segundo o vereador, esteve ali alguém da educação para debater esse tema e só após o requerimento ao Ministério Público, resolveram sentar para conversar e disse Barreto que “essa semana eles vão chamar vocês. Isso eu tenho certeza”. O fato é que ao usar da palavra o vereador Morelli sugeriu aos pais de alunos da zona rural para que procurasse o prefeito para conversar. Barreto não errou e tinha falado antes do vereador César Morelli.

Veja Também