Falta de emprego é problema sério em Avaré

Falta de emprego é problema sério em Avaré Fonte da Foto: divulgação

Não há como esconder a situação econômica de Avaré que está cada vez mais visível, por levantamentos recentemente feitos através de empresas especializadas que mostram as condições pelas quais Avaré passa com a falta de emprego, enquanto a preocupação maior da Prefeitura ainda seja com o turismo da cidade, voltada para a construção e término do Arenão.

Como já publicamos recentemente, o fechamento de empresas em Avaré vem causando grande preocupação à sociedade, que junto com o encerramento das atividades econômicas das empresas, automaticamente, vêm as demissões de funcionários, a interrupção no recolhimento de impostos e o aumento no déficit de empregos.

A reportagem do Jornal do Ogunhê tem entrado em contato com estudantes que já começam a temer o retrocesso econômico e a falta de atenção do prefeito Jô Silvestre no que versa sobre emprego em Avaré, que já começa a ser alarmante, trazendo para os jovens a falta de perspectiva de aqui iniciar uma carreira profissional.

Esta semana, o Jornal do Ogunhê em conversa com pessoas que entendem do mercado avareense, alguns mais antigos em diversos ramos e atividades foram objetivos em dizer que a cidade precisa de empregos, caso contrario o êxodo em busca de um fará com que jovens deixem a cidade para procura de serviço.

O que vem chamando a atenção do avareense é que enquanto empresas estão fechando suas portas, agravando a situação, nas cidades da região se tem notícias de investimentos de empresas que estão se estabelecendo e trazendo um número de empregos impressionante, enquanto que em Avaré, pela falta de prioridade, observa-se que não existe uma preocupação maior com aquilo que é de melhor para uma comunidade, que é o trabalho e o cidadão podendo viver mais tranquilo.

Enquanto isso, a preocupação do atual governo continua sendo a construção e término do Arenão, como se aquele local viesse a resolver o problema de emprego na cidade ou que a cidade deverá sobreviver em torno do que acontecer em um investimento de mais de 9 milhões.

É nítida a falta de projetos do atual governo para lidar com o tema do desemprego e a sociedade começa supostamente a sentir que a fraca gestão de Jô Silvestre mostra não ter preparo para enfrentar esse grave problema que atinge o coração da economia de Avaré.

Veja Também