Jô Silvestre pode entrar, mas Toninho da Lorsa sai do Partido Tucano

Jô Silvestre pode entrar, mas Toninho da Lorsa sai do Partido Tucano Fonte da Foto: divulgação

A sessão de Câmara da última segunda-feira tornou pública uma grande movimentação dos bastidores da política de Avaré que tem como alvo a disputa pelo PSDB. Nos últimos dias, tem ganhado forma a notícia de que Jô Silvestre deverá se filiar ao PSDB através do diretório estadual, tirando a legenda das mãos de Toninho da Lorsa, o principal opositor do governo Jô Silvestre.

“Se o prefeito entrar por uma porta eu saio por outra”. Isso foi o que disse o vereador Toninho da Lorsa, durante seu pronunciamento na palavra livre, dando o tom de sua indignação diante da possível interferência do diretório estadual do PSDB, rompendo com uma resolução do diretório municipal em não aceitar a filiação do prefeito ao qual os tucanos têm feito oposição, nos últimos 3 anos.

O empresário Toninho da Lorsa se consolidou como a principal figura de oposição ao atual governo após apontar erros de gestão e de prioridades de Jô Silvestre. Chamou a atenção no meio político sua atitude de economizar grande parte dos recursos repassados para a Câmara, em uma economia histórica que provocou surpresa, inclusive, ao próprio Tribunal de Contas.

A capacidade de Toninho da Lorsa em economizar e aplicar bem o dinheiro público se contradiz com a gastança desenfreada do atual governo com festas e pedras portuguesas. Com esse perfil de gestor econômico, Toninho atraiu a atenção dos servidores públicos municipais que tiveram reanimada a esperança em ter os salários reajustados e a categoria valorizada em um eventual governo de Toninho.

O trabalho de Toninho na Câmara, segundo pessoas próximas do prefeito, fez com que Jô Silvestre enxergasse o vereador como seu principal adversário e, por isso, estaria trabalhando para se filiar ao PSDB para tentar encolher a liderança de Toninho no ninho tucano. 

Veja Também