Justiça nega queixa crime de Bruna Silvestre contra Marialva Biazon

Justiça nega queixa crime de Bruna Silvestre contra Marialva Biazon Fonte da Foto: divulgação

A Justiça de Avaré negou à vice-prefeita Bruna Silvestre uma queixa crime contra a vereadora Marialva Biazon em que acusava Marialva da prática de crime contra a honra.

A vice-prefeita Bruna Silvestre impetrou a queixa-crime alegando que a vereadora teria praticado ofensas em sessão realizada em 8 de fevereiro, onde, segundo Bruna Silvestre, a vereadora teria feito discurso mordaz dirigindo palavras pesadas em seu desfavor.

O Juiz da Primeira Vara Criminal de Avaré, Fábio Augusto Paci Rocha, negou a queixa e destacou que as palavras proferidas pela vereadora ocorreram na Tribuna da Câmara, onde a mesma estava protegida pela imunidade constitucional. O jornal A Voz do Vale trouxe em detalhes o caso na edição de sábado.

Veja Também