Morelli diz que Câmara está judicializando demais os problemas

Morelli diz que Câmara está judicializando demais os problemas Fonte da Foto: assessoria

Com tantos erros apontados na direção da administração do prefeito Jô Silvestre, em que a população vem observando que teoricamente estaria levando a cidade a um retrocesso, alguns vereadores da oposição não está vendo saída senão enviar para o Ministério Público, certos acontecimentos. 

No caso do prefeito Jô Silvestre, como explica o vereador Toninho da Lorsa, ao cometer certos erros que fere sentimentos de vereadores junto àqueles que estão sendo vitimas do descaso do prefeito, além de pedir desculpas, não tem outra saída senão levar ao conhecimento das autoridades, como o caso do transporte escolar.

Entretanto, mesmo vendo as condições e até mesmo a necessidade de se tomar providencias cabíveis que é o papel da Câmara de Vereadores, o líder do prefeito no legislativo legou recentemente que a Câmara tem “judicializado de mais os problemas”, alegando que não havia necessidade da situação chegar ao Ministério Público, reforçando que a Casa precisa fazer o seu papel e não transferindo esses assuntos para a justiça e que não adianta ficar forçando o prefeito na Justiça.

Isso mostra o desconhecimento político e administrativo do vereador César Morelli, que como exemplo de outras gestões na Câmara, o pai do prefeito Jô Silvestre, até hoje responde a inúmeros processos e chegando a ser preso, cumprindo prisão domiciliar e tudo isso graças ao trabalho do Poder Judiciário que vem mostrando até agora um bom trabalho. Como afirmam os políticos antigos, se não fosse a Justiça, Avaré estaria num retrocesso muito maior e que o atual prefeito com certeza vai ter que responder por seus atos, o que é a coisa mais normal na vida publica e que alguns vereadores desconhecem.

Veja Também