Músico reclama da 1ª noite da Fampop

Músico reclama da 1ª noite da Fampop Fonte da Foto: ilustrativa / arquivo

A Feira Avareense de Música Popular (Fampop) começou com polêmicas. A primeira noite do festival aconteceu ontem, dia 12, porém, um dos músicos, que acompanhou o evento, publicou um desabafo reclamando do descaso com a Fampop.

O Festival continua até sábado, dia 15.

De acordo com o músico U.B., faltou cadeiras no local onde acontece a Fampop (Centro Cultural Esther Pires Novaes) e, por conta disso, metade do salão teve de ficar em pé.

Ele reclama que também não havia um folheto sequer, tanto na entrada no evento, quanto informações sobre os horários e ordem das apresentações dos artistas. “Nem no no Facebook, Instagram se tinha notícias sobre nada, ninguém em sabia coisa nenhuma  sobre esse festival que um dia  levou Lenine ao sucesso”, afirma U.B.

O músico afirma que chegou a questionar o secretário de Cultura, Diego Beraldo, a respeito dos problemas e recebeu como resposta que “estavam em uma correria danada”.

“Não fizeram nem o mínimo para tornar essa Fampop um pouco melhor”, desabafa U.B. “Eu mesmo me ofereci para imprimir, pelo menos, um folheto, entregar, divulgar, mexer nas redes sociais, mas nada, Só ouvi um estava na correria”.

Veja Também