Ônibus da saúde deixa paciente em Bauru

Ônibus da saúde deixa paciente em Bauru Fonte da Foto: Ilustrativa

Embora setores do governo de Jô Silvestre tentem desmentir, o fato não deixou de acontecer e foi na quarta-feira passada, quando um amigo de Franciele que sabia que ela tinha ido para Bauru em um ônibus da saúde de Avaré, para uma sessão de quimioterapia, ligou para ela.

Já era mais de nove horas da noite quando o amigo perguntou pelo zap como ela estava e a resposta foi que o ônibus tinha vindo embora e a deixado no Hospital Regional de Bauru, quando, então, ela contou que agora estava esperando um veículo da Prefeitura. Fran do Café como é conhecida relata que o motorista do ônibus não esperou que ela terminasse a quimio.

No desespero, Franciele ligou para uma pessoa ligada à Abova, mais conhecida por Neia do Jornal, que teria entrado em contato com o prefeito Jô Silvestre e narrado o fato. E, nesse vai e vem de ligar para saber, Fran ficou em uma sala quente do hospital, enquanto sua situação era decidida por suas colegas aqui em Avaré. Foi quando obteve a resposta que já estavam indo, mas o relógio já marcava 23h19min e nada de aparecer o carro que iria buscar a paciente, que se mantinha aquecida em uma sala do Hospital Regional de Bauru na emergência, sendo o único lugar aberto em que ela poderia ficar.

Por fim, foi necessário o pessoal aqui em Avaré entrar em contato com a Santa Casa que disponibilizou um veículo ir para Bauru, chegando à uma hora da madrugada para resolver um problema que nunca deveria acontecer. Às 02h41min, Fran do Café estava em sua casa aqui em Avaré, fato que não precisaria ocorrer se o motorista não fosse tão afoito em partir, deixando a jovem paciente naquela cidade.

Veja Também