São Pastel
Gilberto Empreendimentos
Lorsa
Arpoli
Alecrim
Maré

Polícia Civil abre concurso para 1400 vagas de Escrivão e Investigador

Polícia Civil abre concurso para 1400 vagas de Escrivão e Investigador Fonte da Foto: Ilustrativa

No último dia 5 foram publicados, no Diário Oficial do Estado, os editais de abertura das inscrições do concurso público para as carreiras de escrivão e investigador da Polícia Civil do Estado de São Paulo. O certame visa preencher 1.400 vagas, das quais 800 destinadas ao cargo de escrivão e 600 para investigador. Destas, 70 serão reservadas aos candidatos com deficiência.

Os interessados em concorrer às vagas devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de conhecimento, carteira de habilitação na categoria “B” e ter conduta irrepreensível na vida pública e privada.

De acordo com o edital, a remuneração inicial dos postos de escrivão e investigador de polícia é de R$ 4.435,62, incluindo o salário de R$ 3.743,98 (correspondente à soma dos valores do salário-base e da gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial - RETP) e o adicional de insalubridade de R$ 691,64.

A Fundação Vunesp será a empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção. As inscrições deverão ser realizadas no período de 16 de abril a 15 de maio, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.vunesp.com.br.

A taxa de inscrição é R$ 84,81 para ambas as funções. O pagamento do boleto bancário deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observado o horário de funcionamento do banco.

Provas - A prova preambular, de caráter eliminatório e classificatório, será a primeira etapa a ser disputada pelos candidatos. Constituída de 100 questões de múltipla escolha, ela será aplicada no dia 10 de junho nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (capital e região metropolitana), Piracicaba e Sorocaba.

Para a carreira de escrivão, a prova preambular contará com 36 questões de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 16 de noções de informática e 18 de noções de criminologia, noções de lógica e atualidades.

Já para investigador de polícia serão 30 questões de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 10 de noções de criminologia, 10 de noções de lógica, 10 de noções de informática e 10 de atualidades.

Serão convocados para a prova escrita, eliminatória e classificatória, os candidatos habilitados na prova preambular, no total de 1.200 para o cargo de escrivão e em número de duas vezes o de vagas postas em disputa para investigador.

O certame ainda contará com as seguintes etapas: comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social, de caráter unicamente eliminatório; prova oral, eliminatória e classificatória; e análise de títulos, de caráter apenas classificatório. (Com informações do site JC Concursos)

Veja Também