Prefeito de Avaré vira técnico de som em evento em plena segunda-feira

Prefeito de Avaré vira técnico de som em evento em plena segunda-feira Fonte da Foto: divulgação

Antes de tudo é necessário explicar que o que o prefeito de Avaré Jô Silvestre mais entende, não resta dúvida, é sobre sonorização e locução, de onde saiu para ser prefeito de uma cidade transbordando de problemas financeiros.

Até aqui não há como contestar a sua habilidade em sonorização e, mesmo sendo prefeito ele, às vezes, escorrega deixando de lado uma cidade como Avaré que vem sofrendo conturbações com funcionários sendo teoricamente perseguidos, falta de pagamento em data certa, enfim muitos outros problemas, que parecem não afetar o prefeito numa segunda-feira, dia 9 de setembro.

A foto acima mostra o prefeito Jô Silvestre. Como narrou uma fonte toda a sonorização com símbolo “Josom” supostamente pertenceria ao prefeito de Avaré, inclusive um caminhão que um passado recente foi visto estacionado perto do Bizunga trazendo a marca “Josom”, caminhão que teria sumido de circulação por uns tempos.

Contam muitos daqueles que trabalham com som em Avaré e até mesmo fora, que a melhor sonorização existente em Avaré pertenceria ao prefeito Jô Silvestre, cujo custo teria, supostamente, o valor real hoje de mais de um milhão e meio de reai. Até aí, tudo bem, pois é disso que Jô Silvestre gosta, que é fazer sonorização, locução de rodeio e trabalhar em mesa de som de grande potencialidade.

O que traz grande curiosidade é que como prefeito de uma cidade, a qual ele, em tese, não demostra nem um carinho por ela, se preocupando com festas, não poderia estar em uma segunda feira em horário de serviço, fazendo mesa com sua aparelhagem em outra cidade, sem ter medo de ser visto tomando conta da sonorização, quando deveria estar na cidade que governa à disposição de munícipes. Como é modelo de seus vereadores falarem, pode ser imoral, mas é legal.  

A foto foi enviada por um mutuário de Arandu que por mais simples que fosse achou estranho o prefeito de Avaré estar trabalhando ou se divertindo num evento de entrega de casas populares em Arandu.  Agora já se sabe porque o prefeito Jô Silvestre gosta de festa e só fala em festa. A pergunta é a seguinte: Teria condições de administrar uma cidade uma pessoa que, em plena segunda-feira, está fazendo som em outra cidade com o seu som (Josom)?

Veja Também