Prefeito diz que CP foi política

Prefeito diz que CP foi política Fonte da Foto: divulgação / TV Tem

A reportagem da TV Tem, o prefeito Jô Silvestre, afirmou que “entende a decisão dos vereadores de abrirem uma Comissão Processante contra ele”, porém, ele garante que sua decisão de transferir a funcionária Priscila Ferreira, não teve nenhum cunho político.

“Entendo a decisão dos vereadores, mas não há provas de que eu tenha prejudicado a servidora e este processo é apenas um ato político”, afirmou.

A Câmara acabou arquivando o pedido de cassação do mandato de Jô Silvestre.

Segundo a denúncia recebida pela Câmara, o prefeito teria mudado Priscila Ferreira de setor por conta das críticas que o marido dela, o ex-vereador Jair Canovas, teria feito sobre a administração municipal.

Dez pessoas, incluindo o prefeito, foram ouvidas no dia 10 de dezembro.

Veja Também