Roslindo Machado volta a ser assunto na Câmara

Roslindo Machado volta a ser assunto na Câmara Fonte da Foto: divulgação

Para a vereadora Marialva Biazon se o assunto está sendo requentado é porque tem necessidade de ser, porque, segundo, ela o assédio moral continua na administração pública, no que diz respeito na figura do secretário de Saúde, Roslindo Machado, e que, na ótica da vereadora, ele ainda não tenha entendido qual é o seu papel como secretário.

Segundo a vereadora, mais uma vez, o secretário acaba de transferir mais uma funcionária da saúde, dizendo que seria a bem do serviço público, quando, na realidade, para Marialva, se trata de perseguição pelo trabalho que a funcionária realizava no CAPS, fato que teria levado a esse comportamento de Roslindo Machado.

Marialva voltou a falar com veemência que o assédio moral na Prefeitura continua e alguma coisa tem que ser feita.

A parlamentar aproveitou a oportunidade para narrar um fato que, inclusive foi notícia em vários jornais da cidade, de uma servidora no meio de uma reunião assediada moralmente pelo secretário. A gravação circulou nas redes sociais e mostra o comportamento supostamente negativo do secretário.

A vereadora voltou ao primeiro assunto sobre a servidora que foi transferida porque estava prestando um serviço de qualidade e como narrou Marialva Biazon, a funcionária foi transferida porque Roslindo Machado não simpatiza com essa trabalhadora.

Marialva convocou a oposição para que juntos façam uma representação junto ao Ministério Público, para que esse tipo de coisa não aconteça e que a conduta adequada seja tomada.

Veja Também