Secretaria de Saúde garante que criança não passou pelo P.S. de Avaré

Secretaria de Saúde garante que criança não passou pelo P.S. de Avaré Fonte da Foto: divulgação


A Secretaria da Saúde de Avaré publicou, nas redes sociais da Prefeitura, uma nota onde afirma que a criança que teria sido picada por um escorpião no último final de semana em Arandu, não passou por atendimento no Pronto Socorro de Avaré.

A informação foi divulgada pela mãe da crianças nas redes sociais e repercutida por diversos veículos de comunicação, inclusive pelo Jornal do Ogunhê.

De acordo com a nota, não há qualquer registro de atendimento do tipo realizado na unidade de emergência.

“O incidente envolvendo a criança ocorreu em Arandu e inicialmente, a criança teria sido levada ao Pronto Socorro daquela cidade. Em Avaré, o atendimento aconteceu no Pronto Atendimento a Convênios e Particulares, que funciona junto a Santa Casa de Misericórdia”, informa a Secretaria.

Ainda de acordo com a nota, o  segundo atendimento teria sido feito pela operadora Unimed e o decisão de levar a criança para Botucatu foi da mãe. “Na Unesp, a criança recebeu a aplicação de soro fisiológico e não antiescopiônico como divulgado”, acrescenta.

A Secretaria da Saúde de Avaré afirma ainda mantém estoque regular do soro antiescorpinônico que, por questão de logística, fica armazenado na Santa Casa de Avaré a disposição do Pronto Socorro Municipal e da própria Santa Casa.

Veja Também