Vereador não sabe que Câmara é a Casa do Povo

Vereador não sabe que Câmara é a Casa do Povo Fonte da Foto: Face

Na sessão de ontem, o jovem cidadão Ricardo Aparecido Gomes usou da tribuna para mostrar sua indignação com o suposto descaso do prefeito para com o Jardim Califórnia, onde mora. Disse sobre a situação em que se encontram algumas das ruas do bairro e que, há tempos, vem pedindo para que o prefeito se lembre do bairro.

Ricardo disse que não é contra festa, mas é difícil aceitar quando passa a ser prioridade, esquecendo totalmente de um bairro como o Jardim Califórnia. O cidadão no uso da tribuna fez questão de lembrar que não tem dinheiro para arrumar o bairro, mas para pagar shows de Marilia Mendonça e Gustavo Lima a Prefeitura tinha dinheiro, alegando ainda que para o prefeito os artistas eram mais importantes do que o bairro.

Curiosamente, o vereador Carlos Alberto Estati, ao ser o primeiro a usar a tribuna depois do cidadão Ricardo Gomes, deu uma demonstração de não ter conhecimento de que naquela Casa de Leis, que ele tanto cita é do povo, como lembraram Ernesto e Toninho da Lorsa, qualquer cidadão tem o direito de usar aquele espaço, pois a Câmara é onde a democracia reside.

O vereador Estati preferiu tecer críticas ao cidadão que, segundo Toninho da Lorsa, está no direito dele, fazendo a alusão que o jovem estava fazendo uso da tribuna com cunho político; mas o vereador Estati só foi salvo pelas palavras do colega Roberto Araújo, que aproveitou para dizer ao jovem Ricardo que já tinha conversado com o prefeito e com o gerente da Caixa e que, ainda este ano, (dirigindo-se educadamente a Ricardo) o bairro vai receber as melhorias necessárias.  Mas o que ficou claro é que, mesmo sendo vereador Estati, possivelmente, não sabia que ali é a Casa do Povo e que ele é mero coadjuvante que deveria saber que sua função é defender o cidadão e não o prefeito.

 

Veja Também