Vereadores podem usar problemas da represa em busca de votos

Vereadores podem usar problemas da represa em busca de votos Fonte da Foto: site G1

Por diversas vezes já ocorreu a baixa do nível da represa e nas outras vezes não teve a repercussão que está tendo essa agora, visto que a água realmente baixou muito a ponto de trazer prejuízos.

Desta vez o problema é muito mais grave que nem mesmo uma reunião com representantes da concessionária que administra a represa, a CGT Brasil, conseguiram dar uma resposta plausível para os políticos de Avaré.

O que se percebe é que o caso que é mais do que sério, já está virando pano de fundo para ser utilizado por políticos, já que estamos próximos de um ano eleitoral que até o prefeito já fala em medidas mais drásticas a serem tomadas, sem que alguém tenha conhecimentos técnicos para explicar essa baixa do nível da água da represa.

Com certeza é necessário que uma medida seja tomada, mas o que precisa é saber melhor sobre esse assunto também sobre o contrato feito com a CGT Brasil, porque se ela tiver a obrigação de fornecimento de energia, com certeza se não chover esse problema vai continuar.

O que a região não pode aceitar é uma política partidária com efeito de eleger vereadores utilizem de um fato que não está muito bem explicado para a população sobre o baixo nível da água de represa que como falamos aqui, que tocos aparecendo na base da represa possam dar votos a supostos vereadores que, com certeza, usarão da represa para isso.

Veja Também