Acusação de extorsão dos médicos pode virar CP contra Carla Flores

Acusação de extorsão dos médicos pode virar CP contra Carla Flores Fonte da Foto: Ilustrativa

A polêmica afirmação da vereadora Carla Flores de que médicos estariam fazendo extorsão e que querem dinheiro pode gerar um pedido de comissão processante para apurar quebra de decoro parlamentar.

O jornal do Ogunhê ouviu um antigo causídico da cidade que explicou sobre a gravidade da fala da vereadora. “A acusação de que os médicos estão fazendo extorsão por dinheiro e que não tem um pingo de humanidade é uma atribuição de um crime grave a esses profissionais e que não está protegida pela imunidade parlamentar”.

Segundo o advogado a grave declaração da vereadora Carla Flores não apresenta nexo direto com o exercício das funções parlamentares e ela não pode desqualificar ou imputar fato desonroso à reputação de outras pessoas. Para o advogado os médicos que trabalham no pronto socorro podem ingressar com queixa crime e a afirmação da vereadora deve ser considerada como quebra do decoro parlamentar o que permite a abertura de uma comissão processante.

Veja Também