Aglomerações e festas são responsáveis por Avaré voltar para fase vermelha

Aglomerações e festas são responsáveis por Avaré voltar para fase vermelha Fonte da Foto: divulgação

Já era esperado que Avaré voltaria para a fase vermelha, pelo menos por aqueles que estão cumprindo rigorosamente a quarentena e seguindo as orientações do protocolo sanitário proposto pela Vigilância Sanitária e pela Prefeitura.

A partir de segunda-feira, dia 25 de janeiro, todas as restrições terão que ser obedecidas e como disse um dos médicos do Contingente do Plano São Paulo, seria interessante não esperar até segunda, mas começar a tomar providências desde já. O que será necessário é que a Prefeitura cumpra sua parte quanto ao que determina o Governo do Estado.

A situação ocorre não apenas em Avaré mas em toda a região e grande parte do Estado, e autoridades já estavam esperando essa condição de retroagir para a fase vermelha embora tudo isso tenha um custo alto para o comércio.

No caso de Avaré, onde vivemos já era natural que o governo do Estado iria tomar essa providência, pois as baladas, festas e aglomerações clandestinas nunca pararam desde o começo da pandemia, sendo este um dos maiores fatores para que a cidade viesse a voltar para a fase vermelha. O que não pode acontecer agora é o prefeito Jô Silvestre, por questões políticas, começar a quebrar galho de amigos em momento em que a cidade toda está passando por esse problema.

Veja Também