Barreto do PT nas inaugurações virou polêmica na rede social

Barreto do PT nas inaugurações virou polêmica na rede social Fonte da Foto: reprodução

Quando certos elementos que fazem parte do Partido dos Trabalhadores são criticados pela imprensa e essas críticas têm fundamento, porque são os próprios petistas que lançam alguns jargões que depois não batem com o propósito do partido.

Vamos explicar para que depois pessoas despreparadas que se envolvem na vida política e não sabem distinguir o joio do trigo, não se façam de intelectuais e fazendo um esforço para não entender os argumentos de jornais e sites sobre os acontecimentos. É necessário antes de mais nada explicar que o PT é bem maior que as ideias e comportamentos de Barreto de Monte Neto.

Um dos jargões do partido era que em Avaré o Partido dos Trabalhadores e a família Silvestre, sempre foram como a “água e o azeite”, um jargão muito ouvido há tempos atrás e que perdurou até o ingresso de Barreto de Monte Neto, que, em tese, teria mudado de comportamento teoricamente sem o devido aval do partido. O Jornal do Ogunhê teve acesso a informações importantes em que alguns partidários afirmam que o comportamento de Barreto não reflete a opinião do partido.

Barreto vem sendo criticado nas redes sociais, justamente por esse comportamento de estar até hoje participando de inaugurações, quando, como dizem os internautas, que o PT nunca se cruzou com o grupo de Jô Silvestre e muito menos com o pai do prefeito, o ex-prefeito Joselyr Silvestre.

Ao alegar que como presidente da Câmara Barreto teria como obrigação de participar das inaugurações representando o Legislativo, não convence de forma alguma, até porque até mesmo petistas dão conta que o Partido dos Trabalhadores está acima da liturgia de um mero cargo de presidente, pois se sabe que se caso o presidente da Câmara tivesse sido o petista Ernesto Albuquerque, esse comportamento de estar ao lado da família Silvestre jamais existiria.

Essa conversa que o Partido dos Trabalhadores e a família Silvestre seria como “água e azeite” não procede mais graças ao comportamento de Barreto, pois antes na história de Avaré petistas nunca foram fotografados ao lado de políticos da família Silvestre. Dr. Ernesto e Silvano Porto são testemunhas disso.

Veja Também