Pandemia: Saúde na contramão da história

Pandemia: Saúde na contramão da história Fonte da Foto: In foco

LOCAL - Temos procurado informações que possam trazer pelo menos um pouco de conforto para as famílias de Avaré, mas descobrimos que tem coisas, teoricamente, mais importantes seja para a Saúde ou para a Prefeitura, mesmo em tempo de coronavírus e suas variantes.

Como a notícia viralizou nas redes sociais, foi mais importante para a Prefeitura trazer problemas para o comércio, favorecendo, mesmo sem querer, a aglomeração e como resultado o desespero de muita gente na quarta-feira de cinzas já nas primeiras horas, formando fila na porta lateral do Postão da rua Acre para fazer testes.

E como anunciou a jornalista Cida Koch, havia pessoas que poderiam estar com o vírus e outras que poderiam estar tranquilas, mas que, por precaução, foram fazer o teste, entrando numa redoma de perigo pelo número de pessoas que estavam naquele local na quarta-feira de cinzas, que de cinzas não tinha nada, senão pessoas supostamente contaminadas pelo coronavírus.

Enquanto na região não teve feriado de carnaval, a Saúde e a Prefeitura dessas cidades adiantaram a aplicação da vacina a ponto de em algumas cidades faltar vacina, mas cumpriram a sua obrigação dando atenção à vacinação e não se preocupando com feriado, enquanto que em Avaré, foi mais do que uma confusão, foi falta de suposta responsabilidade com viés político. Avaré com certeza vai continuar na contramão da história sobre a pandemia e o resultado não será dos melhores, a população consciente já sabe disso.

Veja Também