Por aprovação das contas, prefeito tenta aproximação com oposição

Por aprovação das contas, prefeito tenta aproximação com oposição Fonte da Foto: Ilustrativa

Uma inesperada atitude do prefeito Jô Silvestre em se aproximar dos vereadores da oposição terminou frustrada na manhã de ontem, quarta-feira e segundo apurou o Jornal do Ogunhê, o prefeito tentou uma reunião para pedir voto favorável à aprovação de suas contas referentes ao exercício de 2017, aos seis vereadores oposicionistas.

Como nenhum vereador da oposição apareceu a reunião foi adiada para uma nova data. Junto com o prefeito também estariam na reunião assessores para tentar convencer os seis vereadores da oposição a votar contra o parecer do Tribunal de Contas. Mas como votariam favorável ao prefeito se desde o início da atual administração o prefeito se comporta como inimigo pessoal dos vereadores de oposição e nem sequer responde em tempo hábil requerimentos e indicações ao prefeito enviados?

O prefeito precisa de nove votos para se livrar da rejeição das contas, o que poderá torna-lo inelegível por oito anos. Além disso, o chefe do executivo poderá responder em ações promovidas pelo Ministério Público que será comunicado das irregularidades que fizeram com que os Conselheiros do Tribunal de Contas rejeitassem a prestação de contas do exercício de 2017, primeiro ano da gestão de Jô Silvestre.

De acordo com levantamento realizado pelo Jornal do Ogunhê o prefeito tem apenas sete votos dos nove necessários. Caso esse placar permaneça o prefeito terá suas contas rejeitadas na sessão da próxima segunda-feira.

Veja Também