Prefeito usa rede social e prova que não apoiou Dória para governador

Prefeito usa rede social e prova que não apoiou Dória para governador Fonte da Foto: arquivo

O prefeito Jô Silvestre usou de sua página da rede social para levar a público que nunca foi aliado do governador João Dória, afirmando, ainda, que apoiou e trabalhou para o candidato da época Márcio França. Tudo isso porque internautas estariam tentando colocá-lo como aliado do atual governador, quando é de conhecimento público que Jô foi o coordenador da campanha de Márcio França na região, como ele mesmo explica em rede social.

Este jornal publicou inúmeras matérias, logo que João Dória venceu as eleições, apontando controvérsias que vinham ocorrendo em Avaré com relação ao comportamento de Silvestre que, supostamente, para tumultuar o grupo do PSDB de Avaré, era cotado para assumir a presidência do partido, intenções que mostraram não ter resultado positivo, tendo em vista a fidelidade de Jô Silvestre ao Deputado Campos Machado do PTB.

Tudo não passou de uma jogada política com a intenção de tirar Toninho da Lorsa da presidência do partido tucano, jogada de tucanos que, com a ajuda da emissora do empresário Alexandre Braga Chaddad, irmão da atual presidente dos tucanos de Avaré, a advogada Maria Cristina Chadad Botafogo, acreditavam que conseguiriam, com a saída de Toninho da Lorsa da presidência, colocar o prefeito Jô Silvestre como novo presidente dos tucanos de Avaré.  O fato causou constrangimento à cúpula paulista de João Dória e embora o prefeito colocasse Pedro Paulo Botafogo, marido da agora presidente dos tucanos Cristina Chadad, como secretário, a tentativa foi frustrada para aqueles que desagregaram o partido em Avare.

Por diversas vezes o prefeito Jô Silvestre esteve em reunião com o governador João Dória, o que não   significa que estaria apoiando o governador, mas cumpria o seu papel no sentido de buscar recursos junto ao governo do Estado o que é normal quando as eleições passam e o município precisa de recursos, principalmente nesse momento de pandemia.

O fato de Jô Silvestre sair em fotos ao lado do governador João Dória (como na foto acima) não significa apoio político e isso o prefeito deixa muito claro em sua postagem na rede social, mas erra quando tenta culpar os tucanos da época, quando deveria cobrar, justamente, o seu radialista que tanto bajulou o candidato João Dória a quem hoje faz sérias críticas, mesmo sabendo que a presidente do partido tucano em Avaré é a irmã do empresário e proprietário da emissora Alexandre Chadad. O radialista parece se esquecer até mesmo da entrevista que a presidente tucana de Avaré, Maria Cristina Chaddad Botafogo deu à emissora, quando o nome de João Dória só obteve elogios por parte do radialista que hoje bate no governador sem dó, utilizando-se da emissora do irmão da presidente do PSDB de Avaré.

Veja Também