Vereador Ortega rebate acusação de que médicos estariam extorquindo a Saúde

Vereador Ortega rebate acusação de que médicos estariam extorquindo a Saúde Fonte da Foto: divulgação

Marcelo Ortega, na sessão de segunda-feira, disse que se assustou com a acusação gravíssima por parte da vereadora Carla Flores. Ela deu a entender que a crise no Pronto Socorro estaria ocorrendo porque os médicos estariam fazendo extorsão.

“Eu não acredito nisso, de forma alguma. A empresa Infomed recebeu no dia 20 de maio os valores referentes à prestação de serviços no mês de abril. Os médicos até hoje não receberam. Estão há quase um mês sem receber seus honorários médicos prestados no Ponto Socorro. Após plantões cansativos, demorados, estressantes. E a empresa quer pagar com cheque pré-datado. Os médicos precisam receber seus honorários, têm suas famílias para sustentar, deixam suas clínicas para atender no Pronto Socorro e não recebem?”.

O parlamentar disse não acreditar na extorsão. “Os médicos merecem respeito, o que nós recebemos de informação é que eles são maltratados, desprestigiados, que apontam os dedos nas caras deles, que obrigam a fazer plantões sequenciais cansativos, os médicos merecem respeito e merecem seus salários em dia”. E ele também  refutou a versão de que os médicos teriam deixado de trabalhar por causa dos vereadores. “Tentar estabelecer uma narrativa mentirosa e enganosa para esconder a incompetência me parece ser a política pública principal do secretário da saúde”, acusou.

 

Veja Também